B3: Volume Negociado de DAP bate R$113 bi em junho

Média de R$ 5,4 bilhões negociados por dia

Em junho, o volume negociado de Contrato Futuro de Cupom de IPCA (sigla DAP) bateu recorde com a média de 40 mil por dia (ADV) na B3. A alta foi de 87% em relação à média de 2021, que era de 21,5 mil contratos.

Mais de 120 instituições negociaram o DAP ao longo do mês, elevando a quantidade de contratos em aberto para mais de 1,2 milhão e o ADV no ano para 34,1 mil contratos, o que representa crescimento de 59% em relação à média de 2021.

Durante o mês de junho, foram negociados R$ 113 bilhões em DAP, o que significa média de R$ 5,4 bilhões negociados por dia, apenas neste produto.

O crescimento do interesse pelo DAP pode ser explicado pela alta volatilidade da taxa de juros. “Diante de um cenário de incerteza, o DAP se mostrou um dos principais produtos no mercado para a realização de hedge de títulos públicos e privados, troca de indexadores e posições direcionais em inflação”, explica Felipe Gonçalves, superintendente de produtos de juros da B3.

O Contrato Futuro de Cupom de IPCA (DAP) funciona como uma ferramenta de proteção contra flutuações da taxa de juro real brasileira. O cupom de IPCA é a taxa de juro real calculada pela diferença entre a taxa média dos depósitos interfinanceiros de um dia (DI) e a inflação medida pelo Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo IBGE.

O instrumento foi criado para trazer mais versatilidade e eficiência para o mercado de juros real e inflação, permitindo aos investidores institucionais eliminar riscos atrelados à liquidação dos papeis e trocar a exposição de forma simplificada, sem a necessidade de pagamento de spread com as compras e vendas de títulos públicos.

Entenda mais sobre o DAP

A taxa de juro real obtida a partir do cálculo da diferença entre a acumulação da Taxa de DI, no período compreendido entre a data de operação, inclusive, e a data de vencimento, exclusive, e a variação do IPCA observada entre a data da operação e a data de vencimento do contrato, inclusive.

A transação do contrato é assim: 100.000 x R$0,00025 x IPCA ou PU multiplicado pelo valor em reais de cada ponto, sendo R$0,00025 o valor de cada ponto, multiplicado pelo valor do IPCA pro rata tempore.

A cotação: taxa de juro exponencial, expressa ao ano (base 252 dias úteis), com duas casas decimais. A variação mínima de apregoação: 0,01%.

O último dia de negociação: sessão de negociação anterior à data de vencimento.

Data de vencimento: 15º dia do mês de vencimento. Caso não houver sessão de negociação, a data de vencimento será a próxima sessão de negociação. São todos os meses de vencimento.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqu

Veja também no nosso blog

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.