BB-BI inclui Lojas Renner (LREN3) na recomendação para Agosto

Troca reduz o peso relativo de commodities no portfólio para 20%

Os analistas do BB B Investimentos selecionaram os 10 ativos da Carteira Fundamentalista de ações para o mês de agosto. A justificativa foi para a troca de apenas um ativo.

“Passamos a incorporar uma ligeira acomodação de pesos entre os setores que compõem nossa carteira fundamentalista, considerando que capturamos a parcela mais relevante dos resultados vindos da alta do preço das commodities em nossas indicações”, explicaram.

Desse modo, a equipe optou por apenas uma alteração. A saída de Suzano (SUZB3) deu lugar para Lojas Renner (LREN3). Essa mudança reduz o peso relativo de commodities no portfólio para 20%, com Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3), maiores pagadoras de dividendos da bolsa. Além disso, foi elevado o peso do “mix doméstico” para 40%”, mas com nomes de volatilidade mais controlada em relação aos pares, com Hypera (HYPE3), Localiza (RENT3), Lojas Renner (LREN3) e Multiplan (MULT3).

No entanto, seguem com 10% direcionado ao setor de utilities, mais defensivo, com Alupar (ALUP11), e 30% em bancos, com ABC Brasil (ABCB4), BTG Pactual (BPAC11) e Itaú (ITUB4).

Carteira de Ações Fundamentalista

ABC Brasil (ABCB4) com preço de R$17,23 e variação de 14,97%;

Alupar (ALUP11) com preço de R$ 27,25 e variação de 18,41%;

BTG Pactual (BPAC11) com preço de R$22,53 e variação de 8,14%;

Hypera (HYPE3) com preço de R$42,59 e variação de 53,09%

Itaú Unibanco (ITUB4) com preço de R$23,62 e variação de 13,38%;

Lojas Renner (LREN3) com preço de R$25,29 e variação de 4,84%

Multiplan (MULT3) com preço de R$23,80 e variação de 28,55%

Petrobras (PETR4) com preço de R$34,15 e variação de 45,84%;

Localiza (RENT3) com preço de R$57,61 e variação de 9,89%;

Vale (VALE3) com preço de R$69,75 e variação de -7,09%.

Desempenhos de Julho

Em julho, os mercados globais se recuperam na segunda quinzena do mês em meio à interpretação de que talvez o pior tenha ficado para trás. A temporada de balanços nos Estados Unidos e no Brasil também se mostra favorável, com números positivos em
sua maioria. O IBOV, que tem acompanhado o cenário externo, encerrou o período com alta de 4,69%, aos 103.164 pontos.

*Acompanhe mais destaques dos mercados também nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.