GR Bank estima valer R$1 bi em pouco mais de seis meses de funcionamento

O banco digital foi lançado em meio à pandemia e, na contramão do atual cenário econômico, expandiu mês a mês. E está investindo aproximadamente R$ 3 milhões, em novo escritório em São Paulo, baseado em projeto arquitetônico inovador.

Criado pelo empresário Mateus Davi, banqueiro que atua há quase 20 anos no mercado financeiro e é membro da Bolsa de Valores de Chicago, o GR Bank tem pouco mais de seis meses de funcionamento e já está estimado em mais de R$ 1 bilhão no mercado, segundo a Azaton Soluções Empresariais.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=3Le9HDz3PKE[/embedyt]

GR Bank

O banco digital foi lançado em meio à pandemia, em outubro de 2020, com a proposta de apoiar a diversidade para proporcionar maior autonomia, autoconfiança e esperança ao público menos favorecido.

Foi instituído com o objetivo de estabelecer uma relação mais humana e independente entre as pessoas e as finanças. E, assim, conquistou rapidamente a credibilidade e confiança dos mais de 20 mil correntistas que possui atualmente.

  • Só clique aqui se já for investidor

Crescimento

Para se ter uma ideia do crescimento de volume transacional do GR Bank, em outubro, quando foi lançado, o valor cash in e cash out foi de R$ 127 mil. Em fevereiro deste ano, esse número chegou a R$ 22 milhões. Para os próximos meses, o banco está prevendo novos serviços, visando agregar ainda mais valor à startup financeira que já tem bandeira VISA para o correntista.

Além disso, o GR Bank gerou novos postos de trabalho em um momento em que o desemprego tomava conta do mundo e batia recorde no Brasil, ultrapassando 14 milhões. “Hoje, nossa equipe é formada por 35 colaboradores”, ressalta o empresário Mateus Davi.

GR Bank estima valer R$1 bi em pouco mais de seis meses de funcionamento

O banqueiro

O banqueiro conta que o sonho de criar a startup veio se transformando em projeto desde bem antes da pandemia do coronavírus e, com os reflexos econômicos, o banco 100% digital tornou-se cada vez mais necessário. “Então, optamos por arriscar e seguir adiante com o investimento na ordem de R$ 2 milhões para a abertura do GR Bank”, complementa.

Com perspectivas promissoras, na contramão do atual cenário econômico em que a grande maioria dos setores está, o GR Bank segue apostando em novas parcerias, projetos ligados a causas sociais e em um novo escritório com projeto assinado pelo estúdio global de arquitetura Perkins & Will, no qual serão investidos aproximadamente R$ 3 milhões.

As obras devem ser concluídas no final do ano, com previsão de inauguração no último trimestre de 2021. “Estamos nos preparando agora para alçar voos ainda mais altos quando a pandemia estiver controlada e a economia global fluindo”, revela Davi.

App

O GR Bank opera e atende através do seu próprio aplicativo, onde o cliente pode abrir a conta sem análise prévia de crédito, isento de mensalidade e de anuidade, e receber um cartão digital internacional. Outros atrativos são a facilidade e a segurança nas operações financeiras, com atendimento 100% digital.

É importante ressaltar que, ao se tornar usuário do GR Bank, automaticamente o correntista apoia ações sociais realizadas pela ONG GR Together, que tem como filosofia mudar o mundo com as próprias mãos, contribuindo com projetos que prezam pela igualdade social.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.