ABERTURA: Taxa Selic sobe para 12,75% ao ano após reunião do Copom

Ponto de atenção: taxa de juros

O Federal Reserve mexeu com o humor dos investidores no fechamento das negociações de ontem. Wall Street disparou a bolsa do Brasil acompanhou.

Os indicadores econômicos pesaram nas bolsas europeias, que também estão mantendo a cautela com a reunião do Fed e do Banco Central da Inglaterra ainda hoje.

Por aqui, o mercado deverá repercutir a decisão do BCB, que esticou a taxa de juros, a Selic, para 12,75% ao ano. A temporada de resultados permanece no radar.

ÁSIA

A Austrália divulgou as aprovações para construir e a Balança Comercial. O Caixin apresentou o PMI de Serviços da China. À noite, o Governo divulga a Inflação de Tóquio e a Base Monetária.

EUROPA

O Destatis divulga os Pedidos de Fábricas. A França divulga a Produção Industrial. O S&P apresenta o PMI do Reino Unido. O Banco Central da Inglaterra – BoE divulga a decisão monetária.

CANADÁ

O Conselho do Banco Central deverá apresentar indicadores econômicos.

ESTADOS UNIDOS

A Challenger apresenta as recolocações de Emprego. O Departamento do Trabalho divulga os Pedidos de Auxílio-Desemprego. O Departamento de Estatísticas apresenta as preliminares de Produtividade no Trabalho.

BRASIL

A FGV/Ibre apresenta o Indicador Antecedente de Emprego. Sobre a PNAD Contínua, o Governo lançou uma plataforma para o acesso aos gráficos.

OBS: A agenda poderá sofrer alteração ao longo do dia.

Bom dia e bons negócios!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.