Itáusa (ITSA3) e a venda de ações da XP

Valor foi de R$665 milhões

A Itaúsa (ITSA3) comunicou hoje ao mercado que vendeu 7 milhões de ações Classe A de emissão da XP Inc., correspondentes a 1,26% do capital da XP (desconsideradas as ações em tesouraria), pelo valor aproximado de R$ 665 milhões, considerando a taxa de câmbio de ontem.

Desta forma, a Itaúsa passa a deter 57.470.985 ações ordinárias Classe A de emissão da XP, equivalentes a 10,31% do capital da XP e 3,68% de seu capital votante. “Vale ressaltar que os termos e condições do Acordo de Acionistas da XP descritos no Fato Relevante de 1º de fevereiro de 2021 da Itaúsa, principalmente quanto ao direito de indicar membros ao Conselho de Administração e Comitê de Auditoria da XP, permanecem inalterados”, escreveu.

Conforme o Fato Relevante de hoje à Comissão de Valores Mobiliários – CVM, a alienação vem com a decisão estratégica da companhia de reduzir sua participação na XP, conforme divulgado anteriormente, por não se tratar de ativo estratégico, bem como da necessidade de caixa da holding para fazer frente ao recente investimento anunciado na CCR.

A Itáusa considera que os impactos positivos nos resultados financeiros do terceiro trimestre de 2022 em quase R$ 300 milhões, líquidos de impostos.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.