Investidores asiáticos recuperaram as perdas

Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 1,62% aos 21.273

Os investidores dos mercados asiáticos voltaram para as compras nesta quinta-feira. As declarações do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, ficaram no radar. No entanto, as prévias dos índices dos Gerentes de Compras, o PMIs, do Japão também pesaram.

Índices Asiáticos

O índice Xangai ficou em alta de 1,62% aos 3. 320 e o Shenzhen Composite ficou em alta de 2,08% aos 2.164. O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,08% aos 26.171 o índice Topix ficou estável a 1.851. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou estável aos 3.320. O Kospi, bolsa de Seul, ficou em queda de 1,22% aos 2.314. O Sensex, bolsa de Mumbai, ficou em alta de 0,86% aos 52.265. O Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 1,62% aos 21.273. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em alta de 0,31% aos 6.528.

Os investidores estavam cautelosos esperando pela apresentação do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, aos congressistas dos Estados Unidos. A fala de Powell mexeu com o fechamento da bolsa de Nova York ao admitir uma “possível” recessão nos Estados Unidos.

Nesta sessão, as bolsas chinesas avançaram com as ações de tecnologia, com o presidente Xi Jinping declarando apoio para diversas empresas, inclusive as fintechs. Recentemente Pequim impôs medidas restritivas para o setor.

No Japão, as prévias dos PMIs mostraram que o crescimento da atividade fabril desacelerou em junho. O índice de Gerentes de Compras (PMI) do Jibun Bank caiu para 52,7 em junho, de um final de 53,3 em maio, marcando a expansão mais lenta desde fevereiro, quando também foi de 52,7.

O PMI de Serviços melhorou para um ajuste de 54,2 em junho, em relação ao final de 52,6 do mês anterior.  O PMI Composto, que é calculado usando manufatura e serviços, subiu para 53,2 de um final de 52,3 em maio.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.