Inter desembarca em Nova York

Negociações das ações BIDI foram encerradas na sexta-feira na B3

Com o ticker INTR, o Banco Inter desembarca hoje na Nasdaq, Nova York, depois de um período de três meses de espera.

Para negociar as ações da Inter&Co no mercado americano, o investidor precisava solicitar a conversão para sua corretora até essa quarta-feira.  A Inter&Co arcou com as taxas da conversão cobradas pelo Bradesco, que é a instituição depositária do programa de BDRs, pelos primeiros 30 dias, ou seja, até o próximo dia 22 de julho.

Os investidores que optaram pela conversão poderão ser sócios diretos do Inter e negociar no maior mercado de capitais do mundo. Outro destaque é a isenção de imposto sobre o lucro em vendas totais de até R$ 35 mil por mês.

Para fazer o pedido de conversão dos BDRs era necessário ter uma conta em uma corretora internacional, o que é possível pelo Inter. O Super App hospeda uma plataforma global de investimentos que permite essa operação. No entanto, quem quiser manter os BDRs negociados na B3 também poderá seguir dessa forma, negociando o ativo INBR31.

“A migração para a Nasdaq é um passo muito importante para nos posicionarmos como uma empresa de tecnologia global e vai nos permitir acessar o mercado de capitais mais maduro do mundo, com outras empresas listadas parecidas com o Inter”, diz a CFO do Inter, Helena Caldeira.

As negociações das ações BIDI (BIDI3, BIDI4 e BIDI11) foram encerradas na última sexta-feira (17/06), seguindo o processo de reorganização societária da companhia aprovado em maio. Desde a última segunda-feira (20/06), todos os acionistas passaram a deter BDRs e tiveram esses ativos liquidados em carteira ontem.

Para aqueles que escolheram a opção Cash Out houve um rateio, o que significa que as posições em BIDI foram recebidas parte em dinheiro e parte em BDRs.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.