Índice ZEW recua na Zona do Euro

Indicador de situação caiu para um novo patamar de 44,4 pontos negativos

O Indicador ZEW de Sentimento Econômico para a Alemanha caiu 25,8 pontos para  53,8 pontos na atual pesquisa de julho de 2022. A avaliação da situação econômica na Alemanha também caiu e  está em menos 45,8 pontos, 18,2 pontos abaixo do mês anterior. Tanto a avaliação da situação econômica como as expectativas encontram-se assim ainda ligeiramente abaixo dos valores registrados em março de 2020 no início da crise da COVID-19.

“As principais preocupações atuais sobre o fornecimento de energia na Alemanha, o aumento da taxa de juros anunciado pelo BCE e outras restrições relacionadas à pandemia na China levaram a uma deterioração considerável nas perspectivas econômicas. Os especialistas avaliam a situação econômica atual de forma significativamente mais negativa do que no mês anterior e reduziram ainda mais sua previsão já desfavorável para os próximos seis meses”, comenta o presidente da ZEW, professor Achim Wambach, sobre as expectativas atuais.

As expectativas para setores da economia com uso intensivo de energia e orientados para a exportação caíram particularmente acentuadamente, e o consumo privado também é avaliado como significativamente mais fraco.

O sentimento dos especialistas do mercado financeiro em relação ao desenvolvimento econômico da Zona do Euro caiu 23,1 pontos em julho e atualmente está em menos 51,1 pontos. O indicador de situação caiu para um novo patamar de 44,4 pontos negativos, caindo 18,0 pontos em relação a junho de 2022.

As expectativas de inflação para a Zona do Euro subiram 6,8 pontos na pesquisa atual. Com um valor de menos 25,6 pontos, o indicador mantém-se claramente em território negativo.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.