Ibovespa mantém alta e flerta com os 112 mil pontos

Volume financeiro ficou em R$26,98 bilhões

O Ibovespa manteve o rali e seguiu também a onda externa. Os índices de Wall Street ganharam força depois do PIB do primeiro trimestre.

Sobre commodities, os preços do petróleo dispararam e arrastaram as ações das petroleiras, inclusive PETR4, com os investidores descolando das indefinições sobre o comando da companhia.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta de 1,81% aos 111.889 pontos. O volume financeiro ficou em R$26,98 bilhões.

“Hoje o mercado trabalhou com atenção externa, com uma abertura dos negócios devagar. Mas logo depois que foi divulgado o PIB dos Estados Unidos, bem como outros indicadores externos, a bolsa ganhou tração. Os destaques ficaram para a recuperação de MGLU3, CVCB3 e, principalmente, a CIEL3, que disparou mais de 11% com o JPMorgan tirando a recomendação do papel de Manutenção para Compra. O petróleo subiu e puxou as empresas do setor. O índice financeiro também subiu”, enumerou o operador da mesa institucional da DTVM da Renascença, Luiz Roberto Monteiro, para o 1Bilhão.

Destaques com ganhos
Cielo ON (CIEL3), alta de 11,29%; Magazine Luiza ON (MGLU3), alta de 9,70%; Rumo ON (RAIL3), alta de 6,92%; CVC Brasil ON (CVCB3), alta de 6,75%; Cosna ON (CSAN3), alta de 6,09%.

Operaram com perdas
Energisa UNT (ENGI11), queda de 2,88%; CPFL Energia ON (CPFE3), queda de 2,55%; Taesa UNT (TAEE11), queda de 2,77%; Cemig PN (CMIG4), queda de 2,57%; Eletrobras PNB (ELET6), queda de 2,54%.

Mais negociadas
Vale ON (VALE3), queda de 0,06%; Bradesco PN (BBDC4), alta de 0,55%; Itaú Unibanco PN (ITUB4), alta de 1,25%; Petrobras PN (PETR4), alta de 0,25%; Eletrobras ON (ELT3), queda de 2,05%

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 02 de maio de 2022 a 02 de setembro de 2022, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Vale ON (15,582%), Itaú Unibanco PN (5,661%), Petrobras PN (6,864%), Petrobras ON (4,492%) e Bradesco PN (4,606%).

Commodities
O preço do barril do Brent, com contrato futuro para julho de 2022, ficou em alta de 0,23% a US$117,67 em Londres.

O barril do WTI, com contrato futuro para julho de 2022, ficou em alta de 3,56% a US$114,26 em Nova York.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não esqueça de clicar aqui

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.