Ibovespa dispara 1,2% com balanços e commodities

Volume financeiro ficou em R$24,33 bilhões

Os investidores da bolsa de valores de São Paulo voltaram para o risco nesta sessão. Descolados dos pares, a grande expectativa estava voltada para os “balanções” de logo mais. Além disso, as recuperações das ações de empresas ligadas às commodities, que apanharam muito com o lockdown, também ajudaram a puxar o índice para cima.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta de 1,22% aos 108.232 pontos. O volume financeiro ficou em R$24,33 bilhões.

“A ENEV3 e CASH3 estavam entre os destaque de altas do Ibovespa. Vimos um movimento comprador em alguns ativos sensíveis a alta de juros. VIIA3 e LRNE3 subiram por conta do arrefecimento na curva de juros. Todos os vértices fecharam em queda, com destaque para o DI – janeiro de 2024. Do ponto de vista negativo, vale destacar que BEEF3 e MRFG3 vêm sofrendo bastante depois da divulgação dos resultados. O mercado está se desfazendo de posições das empresas. CASH3 é papel sensível aos juros e subiu”, disse em relatório o diretor de Research e sócio da Quantzed, Leandro Petrokas, para o 1Bilhão.

Destaques com ganhos
Eneva ON (ENEV3), alta de 5,15%; Méliuz ON (CASH3) alta de 6,25%; Eztec ON (EZTC3), alta de 5,22%; VIA ON (VIIA3), alta de 5,04%; SLC Agrícola ON (SLCE3), alta de 5,42%.

Operaram com perdas
Locaweb ON (LWSA3), queda de 3,11%; Embraer ON (EMBR3), queda de 3,03%; Minerva ON (BEEF3), queda de 2,04%; Hapvida ON (HAPV3), queda de 2,24%; JBS ON (JBSS3), queda de 1,89%.

Mais negociadas
Vale ON (VALE3), alta de 2,99%; Petrobras PN (PETR4), alta de 0,99%; Itaú Unibanco PN (ITUB4), alta de 1,05%; Brasil ON (BBAS3), alta de 0,88%; Petrobras ON (PETR3), alta de 2,81%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 02 de maio de 2022 a 02 de setembro de 2022, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Vale ON (15,582%), Itaú Unibanco PN (5,661%), Petrobras PN (6,864%), Petrobras ON (4,492%) e Bradesco PN (4,606%).

Commodities
O preço do barril do Brent, com contrato futuro para junho de 2022, ficou em queda de 0,17% a US$111,36 em Londres.

O barril do WTI, com contrato futuro para junho de 2022, ficou estável a US$114,24 em Nova York.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de clicar aqui

Entre no nosso grupo de trader

você pode gostar também

Comentários estão fechados.