IAEmprego sobe para 79,5 pontos em abril

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) do FGV IBRE subiu 4,5 pontos em abril, para 79,5 pontos, maior nível desde dezembro do ano passado (81,8 pontos). Essa foi a primeira alta depois de cinco meses seguidos de queda. Em médias móveis trimestrais, o IAEmp avançou 1,0 ponto, para 76,5 pontos.

“Depois de cinco meses de queda, o IAEmp voltou a subir em abril. A melhora no mês precisa ser contextualizada porque o indicador continua em patamar baixo e foi puxada pelo setor de serviços, que foi mais impactado por ondas da pandemia, como no início em 2022, e que ainda tem espaço para recuperação. O principal desafio nos próximos meses será a manutenção desse resultado positivo que dependerá da melhora do ambiente macroeconômico.”, afirma Rodolpho Tobler, economista do FGV IBRE.

Destaques do IAEmp

Em abril, todos os sete componentes do IAEmp contribuíram positivamente para o resultado. O principal destaque foi o indicador de Situação Atual dos Negócios de Serviços e da Indústria, que contribuiu com 1,6 e 1,2 ponto respectivamente.

Indicador

O IAEmp é construído como uma combinação de séries extraídas das Sondagens da Indústria, de Serviços e do Consumidor, tendo capacidade de antecipar os rumos do mercado de trabalho no país. O indicador é positivamente relacionado com o nível de emprego no país.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de clicar aqui

Entre no nosso grupo de Trade 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.