Fed pesa na Ásia com o MSCI Pacific caindo 1,2%

Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 1,63% aos 27.105

As bolsas asiáticas fecharam no negativo nesta sexta-feira. O investidor acompanhou os desempenhos do dia anterior, com o foco nos bancos centrais, mais precisamente no Federal Reserve.

Índices Asiáticos:

O índice Xangai ficou em alta de 0,23% aos 3.086 e o Shenzhen Composite ficou em queda de 0,50% aos 1.914.

O Topix ficou em queda de 1,19% aos 1.905.

O Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em queda de 0,60% aos 17.025.

O Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em queda de 0,21% aos 20.638.

O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 1,63% aos 27.105.

O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em alta de 0,38% aos 3.361.

O Kospi, bolsa de Seul, ficou em queda de 0,86% aos 2.704.

O Sensex, bolsa de Mumbai, ficou em queda de 1,23% aos 57.197.

O índice regional de ações, MSCI Asia Pacific, fora o Japão, queda de 1,2%, no que seria o menor nível em um mês.

As ações que mais caíram foram as das empresas de tecnologia, com as altas dos yields dos Treasuries, elevando o custo de reter esses papéis.

No foco central, como nos demais países, estavam as declarações de membros do Federal Reserve, em especial de Jerome Powell no evento semestral do Fundo Monetário Internacional – FMI, que aconteceu em Washington, DC. Powell retornou com a postura “hawkish” ao citar as altas nas taxas de fundos federais.

Em Hong Kong, as preocupações com a exclusão de novas empresas de tecnologia da lista das companhias autorizadas a fazerem negócios nos Estados Unidos derrubaram a bolsa local.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de ENTRAR NO CANAL DO TELEGRAM: Acesse

Já pensou em investir 1 mil reais e transformar isso em 1,900 reais? Quer saber como? Acesse aqui

você pode gostar também

Comentários estão fechados.