Ibovespa ficou em queda de 0,55% aos 115.056 pontos

FECHAMENTO: FMI e Fed no foco global

O Fundo Monetário Internacional e o Federal Reserve ficaram entre os pontos de atenção dos investidores nesta terça-feira. Porém, as preocupações com o conflito no Leste Europeu estão ainda mais elevadas pelo avanço das tropas russas para a capital Kiev.

Hoje, o FMI fez projeções nada animadoras sobre o crescimento da economia global, o que acabou elevando a cautela nos mercados, mas não conseguiram tirar o apetite para o risco na bolsa de Nova York (Ver no resumo).

Por outro lado, os investidores ficaram atentos às declarações de membros do Comitê de Mercado Aberto – Fomc, do Federal Reserve. Os presidentes do Fed de Chicago, Charles Evans, e de Atlanta, Raphael Bostic, tentaram suavizar as falas de outros integrantes do Fomc sobre a condução do banco central na política monetária americana.

O tom “dovish” acabou ofuscando a declaração do presidente do Fed de St Louis, James Bullard. No dia anterior, Bullard citou uma possível alta na taxa de juros de até 3,5% para este ano. Aliás, na última reunião do Fed, em março, o executivo foi o único a votar por uma taxa em 0,75 p.b..

Já o dia foi de agenda esvaziada e com muitas expectativas pelos balanços. Esse clima motivou os investidores para as compras em Wall Street. Mas, na Europa, a volta do feriado foi marcada pelas liquidações nas bolsas de ações. Na Ásia, ainda na carona com o dia anterior, os índices recuaram. E, por aqui, a bolsa de valores de São Paulo descolou de Nova York e caiu. O peso no índice principal foi da Vale (VALE3).

O dólar ficou em alta.

Acompanhe o resumo dos principais mercados de ações

Quer investir? É só entrar aqui

Ásia: o Topix ficou em alta de 0,83% aos 1.895. O Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,56% aos 16.993. O Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em queda de 2,28% aos 21.027

Europa: o DAX-30, bolsa de Frankfurt, caiu 0,07% aos 14.153. O FTSE-MIB, bolsa de Milão, ficou em queda de 0,96% aos 24.624. O Ibex 35, bolsa de Madri, ficou estável aos 8.694.

Estados Unidos: o Dow Jones subiu 1,45% aos 34.911. O S&P ficou em alta de 1,61% aos 4.462. O Nasdaq ficou em alta 2,15% aos 13.619.

Brasil: o Ibovespa ficou em queda de 0,55% aos 115.056 pontos. O índice financeiro ficou em queda de 0,83% aos 10.960 pontos. O índice de materiais básicos ficou em alta de 0,08% aos 6.133 pontos.

Moedas: no interbancário, a moeda ficou em alta de 0,43% aos R$4,668 para a venda. O turismo ficou em alta de 0,12% aos R$4,843 para a venda. O euro subiu 0,47% aos R$5,035 para a venda.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.