Europa recua com Fed, BoE e BCE: Stoxx 600 caiu 1,7%

DAX-30, bolsa de Frankfurt,caiu 2,48% aos 14.142

Os índices de ações da Europa encerraram as negociações desta sexta-feira em campo negativo. O mau humor foi gerado pelas declarações de membros dos bancos centrais, em especial do Banco Central Europeu – BCE, que estavam participando do evento do Fundo Monetário Internacional – FMI.

Principais Índices Europeus
O FTSE100, bolsa de Londres, ficou em queda de 1,39% a 7.521.
O CAC-40, Paris, em queda de 1,99% aos 6.581.
O DAX-30, bolsa de Frankfurt,caiu 2,48% aos 14.142.
O FTSE-MIB, bolsa de Milão, ficou em queda de 2,12% aos 24.279.
O Ibex 35, bolsa de Madri, ficou em queda de 1,84% aos 8.652.
O PSI-20, bolsa de Lisboa, caiu 0,87% aos 6.002.

O Stoxx Europe 600 ficou em queda de 1,79% aos 453.31 pontos.

A presidente do Banco Central Europeu – BCE, Christine Lagarde, reafirmou hoje que o encerramento de compra de títulos deverá ocorrer mesmo no terceiro trimestre deste ano. Lagarde vê a alta do índice de inflação como um dos principais fatores para a decisão.

A inflação europeia ficou em alta de 7,5% no mês de março, acima das projeções e bem distante da meta de 2% do BCE. A executiva detalhou também que a invasão da Rússia na Ucrânia segue impactando nos preços da energia, das commodities e também nos indicadores de economia global.

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, destacou os rumos da política monetária dos Estados Unidos. Powell, que também estava na conferência, reiterou a postura mais severa sobre a condução da política monetária a partir da próxima reunião, ou seja, uma alta em 0,50 p.p. nas taxas de juros. O encontro está marcado para o dia 03 de maio.

Já o presidente do Banco Central da Inglaterra – BoE, Andrew Bailey, avaliou que a inflação não deve prejudicar a economia com a estratégia do banco central. Porém, o caminho segue “estreito”.

O dia foi de agenda enfraquecida, com o S&P Global apresentando as prévias dos índices Composto e de Manufatura.

O PMI Composto de Saída da Eurozona estava em alta de 55,8 para abril, ante o final de março (54.9). São sete meses para cima.

A prévia do PMI de Serviços está em 57.7 em abril, acima dos 55.6 de março, com oito meses de alta.

O PMI de saída de Manufatura está em 50.4, abaixo de março em 53.1, com 22 meses de quedas.

O PMI de Manufatura está em 55.3 para abril, abaixo do final de março de 56.5, com 15 meses de baixa.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de ENTRAR NO CANAL DO TELEGRAM: Acesse

Já pensou em investir 1 mil reais e transformar isso em 1,900 reais? Quer saber como? Acesse aqui

você pode gostar também

Comentários estão fechados.