Elon Musk compra o Twitter por US$44 bilhões: ações disparam quase 6%

Negócio deu fôlego para a bolsa de Nova York

O Conselho de Administração do Twitter concordou com a venda para o CEO da Tesla, Elon Musk, por US$54,20 por ação, em um negócio estimado em US$44 bilhões. A decisão foi anunciada há pouco nos Estados Unidos.

O Twitter disse que Musk garantiu US$ 25,5 bilhões em financiamento de dívida e empréstimo de margem, com compromisso de capital de US$ 21,0 bilhões. Há pouco mais de uma semana, Musk tinha oferecido algo em torno de US$43 bilhões, sendo que já detinha 9,2% de participação no Twitter.

Como antecipação para o negócio, o bilionário criou a “X Holding”, que será a controladora da Tesla,  SpaceX e Bring Company. A Holding foi registrada no Estado de Delaware, Estados Unidos. A holding foi um reforço para gerar aporte para a compra do Twitter.

As ações do Twitter estavam disparando na bolsa de Nova York. Às 3h13 (horário local), a valorização era de 5,83% aos US$51,76.

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.