Alpargatas (ALPA4) lucra R$64 mi 2T22

Receita líquida no período foi de R$1,1 bilhão

A Alpargatas (ALPA4), que é dona da Havaianas, viu a receita líquida chegando a R$1,1 bilhão no segundo trimestre deste ano. O lucro líquido foi de R$64 milhões, com o lucro recorrente Havaianas em R$114 milhões. O Ebitda recorrente ficou em R$178 milhões.

A companhia explicou que o lucro bruto cresceu 5%, principalmente, pela performance de Havaianas Brasil. O lucro bruto por par subiu 8%, impulsionado pela alta de 12% da receita por par.

No Brasil, as medidas de mitigação do impacto da inflação de custos impulsionaram o preço por par em 21%, e contribuíram para expansão de 2p.p. da margem bruta e de 4p.p. da margem EBITDA. Destaca-se o ganho de market share de Havaianas de 1p.p. em volume e 2p.p. em valor no canal alimentar e o crescimento de 5% de volume do varejo especializado.

No internacional, a receita líquida caiu 2%, explicada, principalmente, pela retração nos Estados Unidos e pelas restrições decorrentes da Covid-19 na China.

A nova campanha de marketing da Rothy’s impulsionou o crescimento de 82% da receita líquida, com ganho de 3p.p. de brand awareness, e 580 mil novos clientes nos últimos 12 meses.

A Havaianas vendeu 57 milhões de pares no consolidado, sendo que no Brasil foram 46 milhões e os 11 milhões no mercado internacional. A receita líquida Havaianas foi de R$1,050 bilhão no 2T22 no consolidado. No Brasil foram R$617 milhões e R$433 milhões no mercado internacional.

Capex

No 2T22, foram investidos R$146 milhões, dos quais: R$90 milhões direcionados ao Programa de Excelência em Manufatura e Logística (“ILEP”), que visa à ampliação da capacidade produtiva, ganho de eficiência e melhoria do nível de serviço.

Conforme o planejado, os principais equipamentos para aumento de capacidade foram adquiridos, com pagamento da primeira parcela e início às adequações e preparações para instalação; e R$56 milhões em projetos de transformação digital / inovação.
No 1S22, foram investidos R$320 milhões, dos quais: R$228 milhões direcionados ao ILEP e R$92 milhões a projetos de transformação digital / inovação.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.