Ações da Natura (NTCO3): queda com ruídos sobre vazamentos

Desempenho foi impactado por inflação e preços de commodities

Depois de rumores sobre vazamento dos seus resultados referentes ao 1T22, que seriam publicados no dia 05 de maio, Na sessão de quarta-feira, as ações da Natura recuam mais de 15,57%.

A gigante decidiu publicar dados preliminares não auditados do período, confirmando a queda indicada anteriormente pelo seu relatório operacional, com desempenho abaixo do esperado das vendas da Natura, Avon e The Bodyshop.

Conforme o relatório preliminar, a queda ano contra ano se da principalmente pela base de comparação forte – 1T21 tiveram crescimento de receitas em 26% a.a. em reais –, inflação, alta do preço das commodities no mercado internacional.

Como em demais empresas, o impacto da guerra entre Ucrânia e Rússia nas receitas da Avon International também influenciaram nos desempenhos. Contudo, conforme relatório, a empresa espera receita líquida de até R$8,25 bilhões, representando uma queda de 13,3% em real ou 5,2% excluindo efeitos cambiais, com queda de 3 p.p. na margem EBITDA ajustada.

 

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de ENTRAR NO CANAL DO TELEGRAM: Acesse

Já pensou em investir 1 mil reais e transformar isso em 1,900 reais? Quer saber como? Acesse aqui

você pode gostar também

Comentários estão fechados.