Ações asiáticas ficam sem direção

Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 1,84%

Os mercados asiáticos fecharam sem direção única nesta terça-feira. As ações da China caíram ligeiramente, no que seria uma correção.

Índices da Ásia

O índice Xangai ficou em queda de 0,26% aos 3. 306 e o Shenzhen Composite ficou em queda de 0,51% aos 2.147. O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 1,84% aos 26.246 o índice Topix ficou em alta de 2,05% a 1.856. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em alta de 0,68% aos 3.306. O Kospi, bolsa de Seul, ficou em alta de 0,75% aos 2.408. O Sensex, bolsa de Mumbai, ficou em alta de 1,81% aos 52.532. O Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 1,87% aos 21.559. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em alta de 1,41% aos 6.523.

Os sinais de recuperação da economia chinesa, bem com o controle da Covid-19, estão animando os mercados da região. O setor imobiliário também vem apresentando números um pouco melhores, isso depois do susto no começo deste ano com a gigante China Evergrande.

No Japão, os esforços do governo e do Banco Central – BoJ para manter a economia continuam.

Hoje, o primeiro-ministro Fumio Kishida disse que o banco central deveria manter a política monetária ultrafrouxa. A declaração vem de encontro à decisão do BoJ, que mantém a taxa de juros negativa, -0,10%, mas que na última reunião se posicionou como os demais para mudar essa trajetória.

O primeiro-ministro também citou as recentes desvalorizações do iene frente ao dólar. “Nas circunstâncias atuais, o status quo da política monetária deve ser mantido, apesar de que cabe ao banco central decidir sobre as ferramentas específicas”, disse Kishida.

A agenda da região estava enfraquecida

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.