VALE A PENA PEGAR O CRÉDITO CONSIGNADO COM GARANTIA DO FGTS?

Mais uma vez o governo comete os erros do passado. Facilitar o crédito para uma população sem educação financeira”, explica Fabrizio Gueratto, Educador Financeiro.

Recentemente a presidência da república sancionou as regras do crédito consignado, com desconto da folha de pagamento, para funcionário da rede privada usando o FGTS como garantia O financiamento já está disponível e a através da Caixa Econômica Federal, que é o primeiro banco a oferecer este serviço. Além desta, outras instituições financeiras também poderão disponibilizar.  

O governo prevê uma introdução de R$ 37 bilhões na economia brasileira, se metade dos trabalhadores solicitarem este crédito pessoal. Para o Educador Financeiro do projeto 1Bilhão, Fabrizio Gueratto, este tipo de empréstimo contém a menor taxa, mas só vale a pena para pagar uma outra dívida. “Se a pessoa possui uma dívida no cartão de crédito ou cheque especial, por exemplo, em que os juros anuais beiram os 300%, vale a pena usar esta modalidade. Porém, esta é a única utilidade que faz sentido. Mesmo com juros menores, utilizar o crédito para o consumo é um erro primário que o brasileiro insiste em cometer. Mais uma vez o governo comete os erros do passado. Facilitar o crédito para uma população sem educação financeira. É uma fórmula que causa um efeito benéfico imediato e um problema a médio e longo prazo”, explica o Educador Financeiro. A lei que autoriza essa modalidade e tem o FGTS como garantia, foi sancionada a dois anos atrás, em 2016, e regulamentada em abril de 2017, mas acabou não desenvolvendo-se por conta de suas regras vigentes.   

Outra novidade aprovada é que agora será possível que os bancos realizem consultas prévias, ou seja, poderá ocorrer um apuramento de margem de cada trabalhador FGTS, o que antes não era admitido. Na Caixa a taxa de juros começa a partir de 2,63% e pode chegar no máximo a 3,5%. “Parece um juros baixo em relação a outras modalidades de crédito, entretanto, se levarmos em conta a Selic anual que se encontra em 6,5% e a poupança com rendimento de 4,59% nos últimos 12 meses, percebe-se que em apenas dois meses, mesmo com a menor taxa do empréstimo que seria por volta de 5,25%, este crédito já custaria mais alto do que a rentabilidade anual da poupança”, ressalta Gueratto.  

Sobre 1Bilhão 

O canal 1Bilhão leva educação financeira em uma linguagem simples, resumida e disruptiva, para que o investidor aprenda a acumular riquezas, preservar o poder de compra e aumentar a sua rentabilidade com investimentos com alta expectativa de retorno. Fundado pelo jornalista, escritor e palestrante Fabrizio Gueratto, eleito em 2018 com um dos mil paulistanos mais influentes e que atua a mais de 12 anos no mercado informações financeiras, o canal tem o slogan “investimento não é cassino” e foca em desconstruir na cabeça do brasileiro a ideia de que é preciso acertar sempre o investimento da moda. O planejamento patrimonial de qualquer pessoa, independente da sua classe social deve começar ainda na infância e continuar até o final da vida. Além disso, o conteúdo também revela as pegadinhas que existem dentro do mercado financeiro e como desviar delas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.