É SEGURO INVESTIR NO TESOURO DIRETO?

“Tesouro Direto é uma ótima alternativa para quem não pode investir um grande montante de dinheiro e não quer correr riscos” explica Fabrizio Gueratto, Educador Financeiro.

Não existe investimento 100% seguro, mas atualmente o Tesouro Direto se encontra entre as aplicações financeiras que são mais seguras, sendo este um título público de renda fixa, que é emitido através do Tesouro Nacional. O investimento contém rentabilidade atrativa e facilidade de aplicação, visando englobar grandes e pequenos investidores que pensam em rentabilizar a médio e longo prazo. Muito consideram a nova poupança, pela sua facilidade e confiabilidade. 

No ano de 2017 mais de 1,5 milhão de meio de pessoas encontravam-se investindo neste segmento. Uma vantagem importante é o fato ser renda fixa e com isso se torna possível estimar a rentabilidade que terá no resgate da aplicação. Para o Educador Financeiro, Fabrizio Gueratto, pode-se dizer que o Tesouro contém mais segurança que a poupança, além de também ser mais rentável. “Parece que o brasileiro se esqueceu que o único investimento que foi confiscado até hoje foi a poupança. Tesouro Direto é uma ótima alternativa para quem não pode investir um grande montante de dinheiro e não quer correr riscos” explica Fabrizio Gueratto, Educador Financeiro 

Muitos acreditam que a poupança é o investimento mais seguro que existe no país, mas em épocas de juros baixos o investimento pode até mesmo perder para a inflação. Entretando, atualmente, o Tesouro Direto vem sendo visto como o que mais tem garantia, já que é emitido pelo Governo Federal, resultando em garantias especiais, pois o risco público é muito menor do que o de crédito de uma instituição privada, como um banco, por exemplo. “O Tesouro Direto é um título público, ou seja, é um empréstimo que você faz ao governo e ele tem o comprometimento de pagá-lo em um determinada data, além de conter uma remuneração fixa e atrelada à taxa Selic ou IPCA, por exemplo. Em relação a sua segurança, este tipo de investimento é mais indicado que a poupança por questões de garantia, que é dada pelo Tesouro Nacional. Além disso, quase sempre a rentabilidade também é maior, mas, para isso, é preciso investir no título correto. O receio que alguns tem de emprestar dinheiro para o Brasil não é justificado. Em uma crise, o último a quebrar é o governo. Antes dele, bancos e empresas já afundaram”, ressalta o Educador Financeiro.   

Sobre 1Bilhão 

O canal 1Bilhão leva educação financeira em uma linguagem simples, resumida e disruptiva, para que o investidor aprenda a acumular riquezas, preservar o poder de compra e aumentar a sua rentabilidade com investimentos com alta expectativa de retorno. Fundado pelo jornalista, escritor e palestrante Fabrizio Gueratto, eleito em 2018 com um dos mil paulistanos mais influentes e que atua a mais de 12 anos no mercado informações financeiras, o canal tem o slogan “investimento não é cassino” e foca em desconstruir na cabeça do brasileiro a ideia de que é preciso acertar sempre o investimento da moda. O planejamento patrimonial de qualquer pessoa, independente da sua classe social deve começar ainda na infância e continuar até o final da vida. Além disso, o conteúdo também revela as pegadinhas que existem dentro do mercado financeiro e como desviar delas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.